Pele sensível: como identificar os sinais e tratar a sensibilidade

  • por em 16 de novembro de 2020
pele sensível

Muitas pessoas têm pele sensível, contudo, não sabem como cuidar ou, até mesmo, não tem noção que possuem esse tipo de pele. Dito isso, essa pele é caracterizada por ser mais vulnerável, isso porque há uma fraqueza na camada superficial da pele. Desse modo, ela está mais propensa a sofrer com fatores externos, como poluição, vento, maquiagem em excesso e variação de temperatura. Além disso, todos os tipos de pele podem, em algum momento, apresentar sensibilidade. Vale ressaltar que ela difere da pele seca por não ter relação direta com a falta de oleosidade ou água na cútis. Diante disso, é essencial saber reconhecer os sinais que apontam que sua pele está sensível. Neste post, você saberá como identificar e tratar esse tipo de pele.

Sinais de pele sensível

Não pense que a pele fica sensibilizada sem te avisar que isso está acontecendo. Confira, abaixo, algumas formas de identificar isso:

Vermelhidão na pele

Esse é um sintoma muito comum. A pele sensível fica avermelhada como se tivesse ocorrido uma queimadura solar. Dessa forma,  um dos motivos que causa a vermelhidão é o comprometimento da barreira de água natural da derme.

Descamação

Se você perceber que sua pele está descamando, pode ser um dos sinais de que ela está mais sensível. Isso ocorre, geralmente, devido à algum tratamento que remove a oleosidade da pele, como tratamentos para manchas e acnes. Além disso, a exposição solar sem proteção é outro fator que pode gerar descamação. 

Sensação de repuxamento e aspereza

Sua pele está repuxando ou está muito áspera? Pode ser que ela esteja sensível. Desse modo, para perceber essa aspereza, basta tocar a pele, com a mão limpa, e sentir a sua textura. Caso esteja semelhante à uma lixa, mais áspera em regiões como o queixo e bochechas, é sinal de sensibilidade.

Como tratar

  • Seque a pele cuidadosamente. Isto é, evite atrito com toalhas, roupas e, até mesmo, com esfoliantes;
  • Não prolongue o uso de produtos que estejam causando queimação;
  • Utilize produtos próprios para pele sensível;
  • Priorize banhos menos quentes;
  • Não abra mal do hidratante. Isso porque ele nutre e restaura a barreira da pele.  Além disso, hidratar reduz as irritações. Vale ressaltar que você precisa reaplicar o hidratante no decorrer do dia, sobretudo, se estiver uma temperatura muito quente ou muito fria;
  • Use sabonetes sem parabenos, álcool e fragrâncias. 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.