Óleo de rícino: saiba como usá-lo nos cabelos e na pele

óleo de rícino saiba como usar

Você já deve ter percebido que o óleo de rícino está na boca do povo. Isso porque ele é um dos óleos vegetais mais utilizados por aqueles que buscam por tratamentos simples, naturais e,claro, baratinhos. O óleo é extraído de uma planta que, provavelmente, você já brincou muito quando criança. Isso mesmo, ele é encontrado na Mamona. De mais a mais, o óleo de rícino é cientificamente chamado de Ricinus communis. Você pode encontrá-lo em lojas de produtos naturais, farmácias e, até mesmo, alguns supermercados. Além disso, por contar com inúmeros benefícios para o cabelos e pele, se tornou muito procurado pelos amantes dos tratamentos de beleza. Por consequência, conta com muitos discípulos espalhando sua palavra. Inclusive, faremos isso a seguir.

Benefícios do óleo de rícino

O produto natural conta com ação antioxidante, analgésicas, antimicrobiana, anti-inflamatória e laxante. Além disso, é repleto de sais minerais, ômega 6 e 9, além de vitamina E. Ademais, possui poder de limpeza e hidratação do couro cabeludo e hidratação da pele.

Óleo de rícino para o cabelo

Por contar com ômega 6 e ômega 9, o óleo de rícino pode fazer com que seu cabelo fique mais volumoso e mais forte. Ele também hidrata as madeixas; diminui a queda; auxilia no crescimento; combate à caspa; reduz o frizz; nutre os fios.

Como usar:

Ele pode ser aplicado diretamente nos cabelos, ou pode colocá-lo em sua máscara capilar favorita. Coloque uma colher de sopa de óleo de rícino para cada 200ml de máscara ou condicionador.

É comum utilizá-lo na umectação — processo que se baseia na aplicação de óleo vegetal nos cabelos, com o objetivo de nutri-los e devolver a eles a sua oleosidade natural. Para realizar a umectação com óleo de rícino, basta aplicá-lo em todo o comprimento capilar, deixando-o agir por cerca de 30 minutos e lavando para retirar o produto. É possível aplicá-lo a noite, dormindo com o óleo no cabelo e retirando quando acordar.

Para a pele

Promove hidratação, gerando maciez. Além disso, elimina os radicais livres e estimula a produção de elastina e colágeno, adiando, assim, o surgimento de linhas de expressão. Ademais, ele combate à acne e oleosidade. Por ser um cicatrizante, pode ser utilizado no tratamento de estrias avermelhadas.

Como usar

Apesar dos seus benefícios, especialistas não indicam passar o óleo de rícino puro na pele. Dessa maneira, misture uma colher de sopa para cada 200ml do seu creme hidratante.

Para regular o intestino

O óleo conta com propriedades laxantes, por isso regula o intestino. Ele pode ser utilizado para tratar a prisão de ventre.

Como usar

É recomendável 15ml do óleo. Sendo assim, consuma uma colher de sopa de óleo de rícino.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.