Farinha de banana: uma boa alternativa para substituir a farinha de trigo

  • por em 15 de janeiro de 2021
farinha de banana

Olha, se você pensa que a farinha de trigo é insubstituível, está bastante enganado(a)! O que não falta por aí são farinhas de tudo ou qualquer tipo. Entre elas, está a farinha de banana, que tem se tornado cada vez mais famosa. É isso mesmo! Uma farinha feita de banana. Ou seja, não tem como ser ruim. Diante disso, a farinha tem como característica um sabor mais docinho, mas é perfeita para qualquer receita, deixando de lado a farinha de trigo. 

Tabela nutricional

Em ¼ de xícara do ingrediente, contém:

  • 90 calorias;
  • 0 g de gordura (0 g saturada);
  • 31 g de carboidratos;
  • 1 g de açúcar;
  • 10 mg de sódio;
  • 2 g de fibra;
  • 1 g de proteína.

Vantagens de utilizar a farinha de banana

Utilizar a farinha de banana no lugar da farinha de trigo só trará benefícios para o organismo. Isso porque ela é rica em potássio e fibras. Além disso, ela não aumentará o nível de açúcar no sangue, pois possui baixo índice glicêmico. Isso ocorre porque as bananas verdes são usadas para fazer a farinha. Assim, até as bananas amadurecerem, elas produzem uma quantidade maior de açúcar natural. Da mesma maneira, a fruta contém amido resistente, que funciona como um prebiótico, alimentando as boas bactérias no intestino.

Outra vantagem é que é uma alternativa livre de glúten e oleaginosas, dois causadores de alergias alimentares que impedem muitas pessoas de desfrutar de produtos ​​tradicionais, como pães e bolos.

Contudo, no que se refere a outras farinhas populares sem glúten no mercado, existem prós e contras. A farinha de amêndoa e a de aveia, por exemplo, são mais ricas em proteínas. Mas, não possuem o amido resistente e prebióticos da versão com banana. Também, enquanto a farinha de banana tem potássio, a de amêndoa é mais rica em vitamina E, e as farinhas de trigo sarraceno e milheto têm mais ferro.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.