É possível emagrecer com pilates: saiba como

  • por em 3 de dezembro de 2020
é possível emagrecer com pilates

O pilates proporciona muitos benefícios, como fortalecimento dos músculos e aumento da flexibilidade. No entanto, as vantagens de se praticar o exercício vão muito além do aspecto físico. Isso porque a atividade é capaz de melhorar, de forma significativa, a qualidade do sono e a concentração daqueles que a praticam. Mas ainda resta uma dúvida que preenche a mente de muitos por aí: é possível emagrecer com pilates?

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) aponta que o fato de ajudar a relaxar e definir a musculatura é uma grande vantagem do pilates. Ainda de acordo com o estudo, o alongamento feito na atividade auxilia na ampliação do volume da massa muscular da área trabalhada. No entanto, isso ocorre quando o movimento é feito durante 60 segundos, além de ser necessário repeti-lo em intervalos mais curtos e, preferencialmente, você deve fazê-lo todos os dias.

Afinal, é possível emagrecer com pilates?

Não podemos negar que a técnica proporciona inúmeros benefícios tanto para a mente quanto para o corpo. Dessa maneira, o pilates é capaz de atender as mais diversas necessidades das mais diferentes pessoas, como bailarinos, gestantes, idosos, pessoas em reabilitação, atletas, entre outros. Mas é possível emagrecer?

O fato é: praticar, regularmente, o pilates, é sim uma forma de acelerar o metabolismo e ajudar a formar músculos. No entanto, não é novidade que apenas exercício não ajuda a emagrecer. Assim, no caso do pilates, por exemplo, os duradouros e genuínos resultados ocorrem quando há uma alimentação balanceada e realização de atividades aeróbicas.

Quantas calorias o pilates queima?

Se você fizer uma hora de pilates, poderá eliminar, em média, 200 calorias. Diante disso, caso opte por exercícios como uma corrida moderada na esteira, durante o mesmo tempo, queimará o dobro de calorias, ou seja, cerca de 400. Contudo, isso não quer dizer que seja impossível eliminar gordura com o pilates. Diante disso, a Universidade de São Paulo produziu um estudo com indivíduos obesos, cujo resultados foram positivos para a perda de peso, uma vez que a atividade contribuiu para a melhora da composição corporal . Dessa maneira, a verdade é que o pilates pode ser um primeiro passo para sair do sedentarimo ou servir como coadjuvante para treinos mais intensos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.