Corrida na água: confira benefícios e exemplo de treino

  • por em 2 de dezembro de 2020
corrida na água

Estamos cada dia mais próximos da estação mais quente do ano: o verão. E, diante do calor, uma piscininha faz toda a diferença para nos ajudar a refrescar e dar aquela relaxada. Diante disso, já imaginou poder unir todos esses pontos positivos da piscina com a criação de hábitos mais saudáveis? Dessa forma, isso é possível porque a piscina é a protagonista de esportes e exercícios muito conhecidos, como a hidroginástica e a natação. No entanto, existe outra atividade não tão popular como essas, a corrida na água. Já ouviu falar? O exercício é uma excelente maneira de se manter em forma se refrescando  e causando menos desgaste nas articulações. 

O que é a corrida na água

A atividade consiste em imitar os movimentos feitos em uma corrida convencional. Além disso, a prática consiste em um exercício cardiovascular. Este, por sua vez, é responsável por aumentar a resistência e diminuir o cansaço. Dessa maneira, é possível praticar a corrida com um dispositivo de flutuação ou dando voltas dentro de uma piscina. Em geral, utiliza-se os dispositivos de flutuação  quando a piscina é mais rasa e o praticante pretende treinar sem encostar os pés no chão.

Benefícios

Assim como todas as atividades físicas, a corrida na água traz inúmeros benefícios para a saúde. Dessa maneira, confira alguns benefícios:

Não sobrecarrega as articulações

Isso porque correr na água faz diminuir, de forma significativa, a pressão sobre as articulações que sustentam o peso, como as dos joelhos e quadris.

Fortalece todo o corpo

Pois a corrida na água fornece uma forma única de treinamento de resistência, visto que o atividades feitas na água tem 12 vezes a resistência do ar.

Exemplo de treino na água

A duração de uma sessão de corrida na água depende de seus objetivos de treinamento. Entretanto, geralmente, a grande parte dos exercícios contam com duração de 30 a 45 minutos. Um exemplo de treino de corrida aquática baseado em colo pode incluir os seguintes elementos:

  • Faça aquecimento por 5 a 10 minutos. Você também pode fazer o aquecimento na beira da piscina.
  • Realize de duas a três voltas com intensidade elevada, correndo para uma extremidade da piscina volte com 50% menos intensidade.
  • Execute 10 repetições de 2 minutos correndo em alta intensidade, seguidos por 2 minutos em baixa intensidade.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.