Comeu muito? Saiba o que fazer após exagerar na alimentação

  • por em 2 de janeiro de 2021
o que fazer após exagerar na alimentação

Quem nunca, em algum momento da vida, exagerou na alimentação e ficou com aquela sensação que comeu mais do que deveria? Seja em um momento especial com a família, festas de fim de ano, comemoração com amigos ou, até mesmo sozinho, acredito que todos já fizemos isso, não é mesmo? Exagerar na alimentação é algo comum e que pode acontecer de tempos em tempos. No entanto, isso passa a ser ruim quando comer demais passa a ser algo frequente e não mais uma exceção. Diante disso, saiba que esses exageros atrapalham não só o processo de perder peso, como também prejudica a nossa saúde. No entanto, não se desanime e desista dos seus objetivos após exagerar na alimentação. Confira dicas de atitudes positivas para voltar aos trilhos e recuperar o bem-estar.

Dicas do que fazer após exagerar na alimentação

Não se culpe

É como um famoso ditado diz: você é seu pior inimigo. Ou seja, se culpar e manter pensamentos negativos pode elevar o estresse e atuar de forma negativa em sua saúde. Dessa forma, busque encarar a situação de maneira positiva, pensando em coisas como: “tive um ótimo momento encontrando os meus amigos”, “que bom que pude experimentar aquela refeição maravilhosa”. Além disso, uma outra maneira de encarar a situação é se perguntando se você falaria da forma como fala com você mesmo com algum amigo, isto é, com frases do tipo: “sou muito fraco”, “não consigo me controlar”, “ por que fiz isso novamente?”. Provavelmente não falaria assim com alguém que você se importa muito, certo? Então porque agir assim consigo mesmo? Praticar gentileza e ser grato com você mesmo é uma ótima forma de manter um diálogo interno positivo.

Caminhe

Embora sejamos ensinados a não fazer exercícios depois de comer, dar um passeio relaxante depois de exagerar na comida pode ajudá-lo a se sentir um pouco menos cheio.

Se hidrate muito

Beber água após uma grande refeição vai ajudar na digestão. A bebida pode também prevenir a constipação, especialmente se sua refeição incluir alimentos ricos em fibras.

Considere uma dieta detox

Você sabe o que é? Imagine dar um “reiniciar” no seu organismo, deixando para trás uma alimentação nada saudável para adotar novos hábitos alimentares. A dieta de desintoxicação pode ser explicada dessa maneira. 

Assim, olhando à primeira vista, a dieta não tem muita diferença de uma dieta saudável. Mas, para cumprir o objetivo de desintoxicar o corpo, o programa aposta em alimentos naturais e exclui os alimentos industrializados e aqueles com alto potencial alergênico, ou seja, laticínios, leite de soja, glúten, cereais refinados, açúcar, adoçantes, corantes, conservantes, café  e álcool.

Portanto, o organismo elimina o excesso de toxinas, você recupera energia e emagrece sem sacrifício.

Coma mais fibras na próxima refeição

A fibra ajuda o fígado e rins a realizar uma de suas funções principais – filtrar e remover resíduos de nosso corpo. Quando comemos fibra, ela tem um efeito positivo em nosso intestino, como estimular o crescimento de bactérias “boas”. Estas, por sua vez, ajudam a melhorar a função de barreira intestinal, que por sua vez protege nosso fígado e rins de bactérias ruins, para que possam se concentrar em suas outras prioridades.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.