Benefícios do jump: conheça a modalidade que queima muitas calorias

  • por em 26 de outubro de 2020
benefícios do jump

Quem disse que se exercitar tem de ser algo chato e monótono?  É possível queimar calorias e se divertir ao mesmo tempo. Diante disso, se você deseja movimentar o corpinho e ter momentos animados, o jump é uma opção perfeita! A modalidade virou a queridinha das academias ao redor do mundo. Desse modo, ela consiste em exercícios de alto impacto e utiliza um minitrampolim. Além disso, as aulas de jump são feitas em grupo, unindo uma série de movimentos com intensidades diferentes. Por ser feito ao som de músicas animadas, torna o exercício aeróbico mais dinâmico e divertido.  Se o seu objetivo é queimar calorias, definir a musculatura e participar de um treino em grupo, saiba que uma aula de jump pode ser a opção ideal. Isso posto, são muitos os benefícios do jump. Confira alguns neste post!

O que é jump

Jump é um exercício que tem como objetivo realizar movimentos empurrando a lona do minitrampolim. Cada aula possui duração de 30 minutos a 1 hora. Desse modo, durante o exercício, você poderá simular movimentos como polichinelos, agachamentos, corridas e saltos. Ademais, antes das aulas são feitos alongamentos e, ao fim, faz-se abdominais e movimentos capazes de proporcionar sensação de relaxamento.

Benefícios do jump

Praticando regularmente a atividade, você poderá notar resultados dentro de um mês. Dessa maneira, confira abaixo os principais benefícios do jump:

Os principais benefícios da aula de jump são:

  • Ajuda a emagrecer

    Isso porque em uma aula de jump, é possível perder cerca de 400 a 900 calorias. Entretanto, essa quantidade pode variar dependendo da intensidade dos movimentos.
  • Diminui celulites

Além de tonificar os músculos, há ativação do sistema linfático, reduzindo as celulites.

  • Melhora o equilíbrio e coordenação motora

Isso se deve aos movimentos que são feitos nas aulas de jump.

  • Melhora o contorno corporal

Pois o exercício tonifica e define os músculos dos glúteos, panturrilha, pernas, braços e abdômen.

Quem não deve praticar

Vale ressaltar que mesmo trazendo muitos benefícios, as aulas de jump não devem ser feitas por qualquer pessoa. Isso porque, como dito anteriormente, o exercício é de alto impacto. Logo, pessoas com problemas nas articulações ou coluna, não devem investir na modalidade, pois pode agravar o caso, visto que o jump causa muito impacto nas articulações. Além disso, não é recomendado que pessoas muito acima do peso pratiquem a atividade, bem como grávidas.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.