Café ajuda a emagrecer: confira como ele atua no organismo

  • por em 16 de janeiro de 2021
Café ajuda a emagrecer

O café é um item indispensável na rotina de muitos. A bebida é tão amada, que não é incomum conhecermos pessoas que não destina apenas a parte da manhã para desfrutá-la. Diante disso, não podemos negar que o café possui um aroma e sabor sem igual. Assim, fica realmente complicado não amá-lo, não é mesmo? E se você é um adorador do famoso cafézinho, saiba que temos uma ótima notícia para te dar! Isso porque, além de ser extremamente saboroso e revigorante, o café ajuda a emagrecer. É isso mesmo que você leu! E esse fato é confirmado por muitos estudos. Um deles feito no Reino Unido, na Universidade de Anglia Ruskin, mostra que o café auxilia a eliminar as gordurinhas indesejadas.

Como o café ajuda a emagrecer? Confira os seus benefícios

O café é famoso pelo seu efeito termogênico. Logo, ele tem o incrível poder de tornar o metabolismo mais rápido. Isso posto, ao ingerir o café, o nosso corpo consegue queimar mais calorias, potencializando o processo de perda de peso. Além disso, o grão conta com cafeína, nutriente importante para nos dar mais energia. Ela é capaz de estimular o sistema nervoso, que sinaliza as células adiposas para quebrar a gordura. Assim, os ácidos graxos livres estão disponíveis para agir como combustível. A substância aumenta a adrenalina no sangue, que prepara o corpo para o esforço físico. Portanto, o café é um grande aliado de quem pratica atividades físicas. Vale ressaltar, também, que o café possui função antioxidante. Diante disso, a bebida ajuda a prevenir doenças do coração, diabetes e alguns tipos de câncer. 

Beba café no jejum intermitente

Contanto que não tenha açúcar e nem adoçante, o café preto está sim liberado durante o jejum intermitente – na verdade, a bebida é uma aliada da prática. Algumas pessoas, inclusive, afirmam que o café suprime o apetite, facilitando a permanência no jejum a longo prazo.

Uma xícara (240 ml) da bebida contém cerca de três calorias e quantidades muito pequenas de proteínas, gorduras e minerais. Portanto, os nutrientes presentes em uma ou duas xícaras de café preto não são suficientes para iniciar uma mudança significativa no metabolismo.

Contudo, vale ressaltar que o café é bom, mas não é uma bala mágica. Também, quando consumido em excesso, pode levar a efeitos colaterais indesejados. Assim, quem está tentando emagrecer, deve seguir uma alimentação saudável, ser ativo, dormir o suficiente e gerenciar o estresse.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.